A noção de escala: passagem da abstração matemática à caracterização de dimensão do espaço arquitectónico = The Scale notion: Makes a passage from mathematical abstraction to a characterize the dimensions of architectural space

Maria de Fátima Silva Freire e Veiga

Resumo


A transversalidade do pensamento matemático e do seu desenvolvimento influencia directa ou indirectamente, se não todas, quase todas as áreas do conhecimento humano onde a arquitectura também se encontra. A sua extraordinária importância no desenvolvimento do saber arquitectónico pode ser verificada por meio de uma leitura diacrónica da Tratadística à época contemporânea.

Começando, numa fase de formação, por reconhecer as capacidades geométricas das formas platónicas como formas de síntese de representação do Universo, onde nos incluímos, passa-se a uma outra etapa de experimentação na qual a criatividade é o motor de transformação desse espaço platónico. Essas formas de base podem ser comparadas ao valor das cores primárias na Pintura ou das sete notas sonoras na Produção Musical pela sua capacidade de criação de uma diversidade original.

A capacidade específica do caracter volumétrico, comunicativo/simbólico destas formas permite à escala do ecossistema humano construir todos os seus espaços de vida.

Encadeado pela investigação desenvolvida na construção de uma tese doutoramento defendida em 2010, onde se faz emergir o conceito de Escala recolocando-o como fundamental para o desenvolvimento do pensamento arquitetónico e questionando o desenvolvimento de adequação dos critérios para a construção de intervalos (limites máximos e mínimos), de capacidade e adequação, introduz-se neste primeiro espaço de reflexão a ideia de escala no seu sentido de formulação relativa. A paisagem surge como síntese desta formulação.

A Escala da arquitetura depende das medidas que a projectam e a materializam na obra.

 

The embracing of mathematical thought and its development , influences, directly or indirectly , if not all , almost all areas of human knowledge, architecture included . The extraordinary importance in the development of architectural knowledge can be verified by a diachronic reading of from the Treatises to the contemporary era.

Starting in a training phase, recognizing the ability of the geometric shapes of the platonic forms as synthetic universe representation, (where we include ourselves), we pass to another stage of experimentation in which creativity is the engine of transformation of Platonic space. These basic shapes can be compared to the value of the primary colors in painting or the seven sound notes in Music Production, for its ability to create a unique diversity.

The specific volumetric capacity of communicative/symbolic character, allows to build, in a human ecosystem Scale, all hour living spaces.

Chained by the research undertaken in the construction of a doctoral thesis defended in 2010, where it was brought out the concept of range relocating as fundamental to the development of architectural thinking, questioning the adequacy of the development of criteria for the construction of intervals (maximum and minimum) to find adequacy of capacity and suitability, introducing for reflection in first place, the idea of scale on their sense of relatied formulation. The landscape appears as a synthesis of this formulation.

The architectural scale depends on what it idealize and materialize in the work.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2014
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 617 | Fax +351 213 622 955 | E-mail: revistas@lis.ulusiada.pt | skype | chat