Reconhecimento emocional: as emoções na voz das crianças = Emotional recognition: emotions in children's voice

Cristina Guimarães, Paula Pereira, Esperança Jales Ribeiro, Leandra Cordeiro

Resumo


O desenvolvimento emocional da criança está ligado ao seu desenvolvimento social. As crianças ao longo do seu crescimento, além de aumentarem as competências de avaliação das suas próprias emoções, desenvolvem também a capacidade de reconhecer várias experiências emocionais, assim como a aptidão de regular e experienciar mais do que uma emoção ao mesmo tempo. O presente estudo tem como objetivo perceber como as crianças identificam e percecionam as emoções básicas (Alegria, Tristeza, Medo, Raiva e a Repulsa/Nojo). Trata-se de um estudo de cariz exploratório, de natureza qualitativa. Os dados recolhidos resultam de uma amostra por conveniência, através da aplicação de questionários elaborados para o efeito e aplicados a 42 crianças com idades compreendias entre os 6 e os 10 anos. Da análise dos questionários foi possível verificar que, na generalidade, as crianças conseguem identificar as emoções básicas, bem como ter uma perceção adequada das mesmas. No entanto, verifica-se que nem todas as crianças perante a mesma situação sentem e identificam a mesma emoção, sendo a alegria a mais consensual. A idade, o género e o ano de escolaridade não se revelaram fatores determinantes na identificação e na perceção das emoções.


The emotional development of children is connected to their social development. As children grow, besides increasing their assessing skills of their own emotions, they also develop the ability to recognize various emotional experiences as well as the ability to regulate and experience more than one emotion at a time. With advancing age children gain more sensible thinking, being able to analyze and understand their own emotions and the emotions of others.This article aims to understand how children perceive and identify emotions (joy, sadness, fear, anger and disgust). This is an exploratory, qualitative study. The data collected results from a convenience sample by applying questionnaires designed for this purpose and applied to 42 children aged 6 to 10 years. From the analysis of the questionnaires it was found that, in general, children can identify the basic emotions, as well as have an adequate perception of them. Age, gender and year of schooling were not determinant factors in the identification and perception of emotions.


Palavras-Chave / Keywords:

Emoções, Crianças, Reconhecimento Emocional.

Emotions, Children, Emotional Recognition.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt