Acompanhamento psicológico de crianças com problemas de sono = Psychological monitoring of children with sleeping problems

Edwiges Ferreira de Mattos Silvares, Renatha El Rafihi-Ferreira, Maria Laura Nogueira Pires

Resumo


É um fato que muitas famílias sofrem com os distúrbios de sono de seus filhos, o que não é surpreendente tendo em vista a alta prevalência desses problemas em crianças. O problema de sono mais comum na infância é a insônia comportamental, que afeta cerca de 20% a 30% da população infantil. A insônia comportamental na criança se manifesta como dificuldade da criança para adormecer quando é colocada na cama pelos pais ou de permanecer dormindo ao longo da noite, despertando várias vezes, resistindo a voltar para cama e encontrando dificuldades para adormecer sem a presença dos pais. Os distúrbios de sono na infância podem causar danos nas crianças e consequentemente também em seus familiares. Além de a dificuldade prejudicar o sono dos pais, a má qualidade de sono infantil pode prejudicar a funcionalidade diurna e afetar aspectos cognitivos, comportamentais, emocionais e acadêmicos da criança, o que certamente tem reflexo sobre os pais delas. Famílias de crianças que não dormem podem apresentar estresse parental e prejuízos no relacionamento conjugal. Considerando o impacto do sono na qualidade de vida da criança, ressalta-se a importância de tratar à problemática, o mais rápido possível e de uma forma compreensiva. O acompanhamento psicológico no caso de intervenções para problemas de sono em crianças implica primeiramente em uma boa comunicação do profissional com a família no sentido da compreensão completa dos determinantes do problema para o sucesso do seu encaminhamento. Isto porque como geralmente a intervenção implica uma capacitação dos pais para superarem o problema, com estratégias que incorporem técnicas comportamentais baseadas nos princípios de aprendizagem. Desta forma, o acompanhamento psicológico se dá por meio da avaliação das necessidades na educação parental sobre o sono da criança, horários adequados para dormir de acordo com a idade, hábitos saudáveis e rotinas pré-sono, extinção e reforço positivo no momento de dormir e quando a criança desperta a noite. A capacitação envolve um treino terapêutico para os pais virem a se tornar em agentes ativos na mudança de comportamento de suas crianças. Estudiosos apontam que intervenções comportamentais, administradas pelos pais, são efetivas não só para a melhora do sono, como também para problemas de comportamento infantil que podem ser decorrentes da pouca qualidade de sono. Um estudo de caso ilustra o conteúdo acima referido.

 

It´s a fact that many families suffer with their children’s sleeping disorders, which is not surprising considering the high prevalence of these problems in children. The most common sleep problem in childhood is behavioral insomnia, which affects about 20 % to 30 % of the child population. Behavioral insomnia in children manifests either as difficulty falling asleep when the child is put to bed by their parents or staying asleep throughout the night, waking up several times, resisting back to bed and finding it difficult to fall asleep without the presence of parents . Sleep disturbances in infancy may cause harm to children and consequently to their families too. Apart from the difficulty of parents impair sleeping, poor quality of infant sleeping can impair child´s daytime functioning and affect cognitive, behavioral, emotional and academic aspects of the child, which certainly has a reflection on their parents. Families of children who do not sleep or sleep badly may have parental stress and damage in the marital relationship. Considering the impact of sleep on quality of life of children, underscores the importance of treating the problem as quickly as possible and in a comprehensive manner. The psychological support in the case of interventions for sleeping problems in children primarily involves good communication between psychologist and family towards a complete understanding of the case. Finding the determinants of the problem is a must for the success of the referral. This is because as the intervention generally involves a parent training to overcome the problem with strategies that incorporate behavioral techniques based on learning principles. Thus, psychological assistance is done in the direction of family needs that is assessment on parental education on child sleep, adequate sleep, according to age schedules, healthy habits and routines pre-sleep, extinction and positive reinforcement at bedtime and when the child awakens at night. The training involves a therapeutic workout for parents to become active agents in changing their children´s behavior. Scholars suggest that behavioral interventions, administered by parents, are effective not only for the improvement of sleep, but also for child behavior problems that may result from the poor quality of sleep. A case study illustrates the contents just described.

 

Palavras-chave / Keywords

Criança, Sono, Insônia, Comportamento, Intervenção comportamental.

Child, Sleep, Insomnia, Behavior, Behavioral intervention.


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt