O trabalho com turmas como fortalecedor de vínculo terapêutico no contexto escolar: um relato de experiência = Working with classes as a therapeutic bond reinforcer in the school context: an experience report

Tatiana da Silva, Luísa Fialho da Silva, Bruna Larissa Seibel, Patrícia Scheeren

Resumo


O presente artigo consiste em um relato de experiência de Estágio Profissional em Psicologia, desenvolvido em uma escola de ensino fundamental da rede pública municipal, localizada na região metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul - Brasil e atendida pelo Serviço Escola de Psicologia da Faculdade Cesuca. Após a realização de observações, analisou-se a hipótese de criação de vínculos de confiança entre os alunos e a estagiária, essencial para o processo terapêutico, obtido por meio do trabalho desenvolvido na instituição de ensino. As observações tornaram perceptíveis as questões existenciais e contextuais dos estudantes, apresentando a realidade e a configuração familiar, além dos aspectos pertinentes à comunidade na qual a escola está inserida. A presença do psicólogo no ambiente escolar oportunizou a compreensão acerca da importância de estar incorporado nesse cenário, para identificar as demandas, compreendê-las com suas especificidades e assim planejar e executar intervenções psicológicas, promovendo o surgimento e fortalecimento de vínculos, fundamentais para que os objetivos propostos fossem alcançados. A procura espontânea dos alunos pela escuta empática da estagiária demonstrou a identificação com a mesma, possibilitando firmar alguns contratos de prestação dos serviços de psicologia não somente com os estudantes, mas também com os pais.


This article consists of an experience report of a Psychology Professional Internship, developed in a public elementary school in the municipal public network, located in the metropolitan region of Porto Alegre, state of Rio Grande do Sul (Brazil) and served by the Serviço Escola de Psicologia (School of Psychology Service) of Faculdade Cesuca. After making observations, we analyzed the hypothesis of creating bonds of trust between the students and the intern, essential for the therapeutic process, obtained through the work developed at the educational institution. The observations made the students' existential and contextual issues noticeable, presenting the reality and the family configuration, in addition to the aspects relevant to the community in which the school is inserted. The presence of the psychologist in the school environment provided an opportunity to understand the importance of being incorporated in this scenario, to identify the demands, to understand them in all their specificities and thus plan and execute psychological interventions, promoting the emergence and strengthening of bonds, which are fundamental for the proposed objectives to be achieved. The students' spontaneous search for the intern's empathic listening demonstrated the identification with her, making it possible to sign some contracts for the provision of psychology services not only with students, but also with parents.


Palavras-chave / Keywords:

Vínculo, Psicologia social comunitária, Psicologia escolar.

Bond, Community social psychology, School psychology.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt