A influência da tecnologia no desenvolvimento emocional dos adolescentes

Adriana Júnior, Joana Alves, Maria Luís, Mariela Rodrigues, Rui Botelho, Sara Malheiro

Resumo


Com o aumento da utilização das tecnologias pelos adolescentes tem vindo a surgir um maior interesse pelo estudo das consequências, sabendo que estão associadas a aspetos positivos e negativos. O cyberbulling é um fator de risco significativo para o desenvolvimento humano a curto, médio e longo prazo. Este pode ser compreendido como um tipo de bullying que ocorre através das novas tecnologias e pode assumir dois papéis, vítima e agressor, deliberando ameaça e ofensa (Wendt & Lisboa, 2014). A comunicação pela internet, mantendo a identidade anónima do utilizador, promove um efeito desinibidor, pois os jovens sentem-se mais livres para se expressarem (Navarro & Yubero, 2012). No entanto, se o uso da internet for abusivo pode ser problemático quando afeta a vida quotidiana, provocando estados de sonolência, alteração do estado de humor, redução das horas de estudo e a outras atividades da vida diária. Deste modo, o nível de auto-satisfação do indivíduo é influenciado, alterando por definição o seu auto-conceito, considerado como a reunião de perceções e crenças que o indivíduo tem sobre si próprio (Tamayo & Abbad, 2006). O presente estudo compreende uma amostra de adolescentes entre os 13 e os 18 anos. Envolveu o desenvolvimento de um questionário online, tendo como objetivo verificar qual o impacto das novas tecnologias no desenvolvimento emocional dos adolescentes. Os resultados obtidos neste âmbito serão apresentados, bem como as diferenças de género, idade e região. Serão ainda analisadas e discutidas as consequências deste tipo de comportamento na vida dos adolescentes, nomeadamente a associação do cyberbulling com os níveis de ansiedade e com o auto-conceito.


With the increased use of technology by adolescents has emerged a greater interest in the study of the consequences, knowing that are associated positive and negative aspects. The cyberbullying is a significant risk factor for human development in the short, medium and long term. This can be understood as a type of bullying that occurs through new technologies and can assume two roles, victim and aggressor, acting and offense threat(Wendt & Lisbon, 2014). The communication through the Internet, keeping the anonymous user identity, promotes disinhibiting effect because young people feel more free to express (Navarro & Yubero, 2012). However, if the Internet use is abused can be problematic when it affects everyday life, causing drowsiness states, altered mood, reduction of hours of study and other activities of daily life. So, the level of self-satisfaction of the individual is influenced by changing for definition his self-concept, considered as the meeting of perceptions and beliefs that the individual has about himself (Tamayo & Abbad, 2006). This study comprises a sample of adolescents between 13 and 18 years old. It was involved the construction of an online questionnaire, aiming to verify the impact of new technologies on the emotional development of adolescents. The results in this area will be presented, as well as differences in gender, age and region. It will be analyzed and discussed the consequences of such behavior in the lives of adolescents, particularly the association of cyberbullying with levels of anxiety and self-concept.


Palavras-chave / Keywords

Tecnologia, Cyberbulling, Desenvolvimento emocional, Ansiedade, Auto-conceito.

Technology, Cyberbullying, Emotional development, Anxiety, Selfconcept.


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2017
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 617 | Fax +351 213 622 955 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt