Interação vincular de pais com filhos autistas = Bonding interaction between parents and their autistic children

Débora Silva de Oliveira, Amanda Rosa Selois de Moura, Luan Paris Feijó, Melina Del Castel Pinheiro, Pâmella Brites, Suhelen Dorneles, Eliane Moura

Resumo


 

O autismo caracteriza-se pela presença de um desenvolvimento acentuadamente atípico na interação social e comunicação, assim como pelo repertório marcadamente restrito de atividades e de interesses.  Estas características podem levar a um isolamento contínuo da criança e de sua família. Nesse sentido, acredita-se que com esse artigo poderemos nos aprofundar nos estudos relacionados à forma de vínculo estabelecido entre filhos com transtorno autista e seus pais. A metodologia utilizada foi a de pesquisa indutiva de cunho bibliográfico e a partir destas pesquisas, pode-se encontrar como resultado a tentativa e a possível explicação para a relação vincular bem-sucedida. A estimulação da capacidade de conexões afetivas pode criar vínculo forte e duradouro, na medida em que a criança se sente segura e protegida. Embora seja difícil e estressante para as famílias lidar com filhos autistas, é de extrema importância que todos vivam em um ambiente harmonioso e que proporcione um desenvolvimento saudável a eles. Concluímos ainda que este tema necessita de mais pesquisas, visto que, ainda há pouca literatura que reflita sobre o processo interacional dos pais com filhos autistas.

 

Autism is characterized by the presence of a markedly atypical development in social interaction and communication, as well as the markedly restricted repertoire of activities and interests. These features may lead to continued isolation of the child and his family. In this sense, it is believed that with this article we delve into the related form of bond established between children with autistic disorder and their father’s studies. The methodology used was inductive research literature and data from these surveys can be found as a result of the attempt and the possible explanation for the relationship linking successful. Stimulation capacity of affective connections can create strong and lasting bond, to the extent that the child feels safe and secure. Although it is difficult and stressful for families dealing with autistic children, it is extremely important that all live in a harmonious environment and provides them a healthy development. We also concluded that this topic needs further research, since there is little literature that reflects on the interactional process of parents with autistic children.

 

Palavras-chave/Keywords

Autismo, Interação, Vínculo, Pais e filhos.

Autism, Interact, Relationship, Parents and children.

 

 


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt