Relato de experiência de estágio em psicologia hospitalar com gestantes = Report of experience in hospital psychology internship with pregnant women at risk

Márcia Elisabete Wilke Franco, Larissa Dias da Silva, Katia C.M. de Lima, Ruy G. Marins, Roberta M. Medeiros, Adriana A. Stédile, Simone B. Wurzel

Resumo


O trabalho relata uma experiência de Estágio Supervisionado em Psicologia hospitalar, realizada com  grupos de gestantes  em 2013.  A intervenção tinha como objetivo  promover dinâmicas de grupo com técnicas de vivência de relaxamento para gestantes, buscando o equilíbrio emocional, visando o autocontrole, a autoestima, assim melhorando os padrões de pensamentos e sentimentos  delas em relação aos seus bebês. O  grupo era constituído de  28 gestantes que  foram  encaminhadas pelos postos de saúde do município de Cachoeirinha, por apresentarem risco na gestação, por exemplo: Diabetes gestacional, gravidez na adolescência, pré-eclâmpsia, gravidez gemelar, entre outros. A metodologia utilizada foi fazer uso da música de ninar como ferramenta  para que elas percebessem quais os sentimentos que afloravam quando elas tocavam em  suas barrigas e  sent iam  seus bebês. Além disso, utilizou-se técnicas de meditação e respiração. A partir da intervenção foi possível concluir que ela  contribuiu, sobretudo, para  a formação de um espaço de confiança, onde as gestantes  puderam se expressar, refletir e buscar soluções para encarar e superar  as ansiedades e expectativas que a gravidez e a maternidade  suscitaram. As técnicas de meditação e as dinâmicas de exercícios respiratórios utilizadas com as gestantes diabéticas proporcionaram um estado de relaxamento, diminuindo o estresse e consequentemente a ansiedade. 

 

A pregnancy can cause changes with immeasurable dimensions for all who are in this context, especially for pregnant women. The paper reports an experience of a Supervised Internship in 2013. The intervention aimed to promote group dynamics with experience of relaxation techniques for pregnant women, aiming at self-control, self-esteem, thus improving the patterns of thoughts and their feelings towards their babies. The group consisted of 28 pregnant women who were referred by health centers in the municipality of Cachoeirinha for presenting risk in pregnancy, such as gestational diabetes, teen pregnancy, preeclampsia, twin pregnancy, among others. We used lullaby songs as a tool to crop up the feelings for when they played in their bellies and felt their babies. In addition, we also used meditation and breathing techniques. Following the intervention it was possible to conclude that it contributed mainly to the formation of a space of trust where pregnant women could express themselves, reflect and seek solutions to face and overcome anxieties and expectations, raised by pregnancy and motherhood. Meditation techniques and the dynamics of breathing exercises used in pregnant diabetic women provided a state of relaxation, reducing stress and thus anxiety.

 

Palavras-chave / Keywords

Maternidade,  Vínculo, Psicologia  da saúde,  Psicologia hospitalar, Estagio supervisionado.

Maternity, Attachment, Health psychology, Hospital psychology, Supervised internship.


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt