O sorriso marcando as impressões e percepções de uma menina sobre uma intervenção domiciliar na família = A girl’s smile as a mark of the impressions and perceptions of home family intervention

Letícia Wilke Franco Martins, Walderez Santos Lima

Resumo


Este trabalho é decorrente do projeto de intervenção em Psicologia clínica realizada no primeiro semestre de 2013. A equipe (psicólogos e estagiários) acompanhou uma família monoparental (mãe e dois filhos) desestabilizada pelo sofrimento psíquico de todos os membros tendo por objetivos auxiliar na organização psíquica e ambiental da família, na reintegração de recursos motivacionais da mãe e na promoção da autonomia dos membros. Para tanto eram feitas visitas três vezes por semana à casa da família e psicoterapia na Clínica para a mãe e a filha individualmente. Passados seis meses da intervenção, buscamos ver quais as impressões e as percepções que ficaram registradas para a filha de nove anos sobre o trabalho realizado. Na sua sessão de psicoterapia o estagiário -terapeuta solicitou: “Eu gostaria que você desenhasse algo que mostre como foi pra ti ter aquelas psicólogas na tua casa” e “Tu poderia desenhar sobre as atividades realizadas na companhia das psicólogas?”. A menina desenhou primeiramente as atividades (livro de receitas, rotina dos membros da família e livro de preferências) com bastante entusiasmo e após desenhou um sorriso, explicando: “Assim, todo mundo sorria quando elas estavam lá em casa, por isso eu desenhei este sorriso”. O desenho da menina mostrou que uma intervenção domiciliar na família deixa marcas significativas e que a aplicação de intervenções inovadoras nas abordagens psicoterapêuticas são extremamente importantes para conseguirmos dar conta das demandas dos nossos pacientes hoje.

 

This study is a result of the intervention project in clinical psychology realized in the first half of 2013. The staff (psychologists and trainees) followed a single parent family (mother and two children) destabilized by psychological distress of all members having goals by assisting in the psychological and environmental organization of the family, the reintegration of the  mother motivational resources  and promoting autonomy to members. The visits were made three times a week at home and in individually psychotherapy for mother and daughter. Six months after the intervention, we seek to see what the impressions and perceptions that were recorded for the nine year old daughter on the work done. At its session of psychotherapy trainee-therapist asked: "I would like you to draw something that shows how you have been to those psychologists in your home" and "You could draw on the work done in the company of psychologists?" The girl drew enthusiastically first activities (cookbook, routine of family members, and  references book) and after  drew a smile, explaining: " So ,everyo ne smile when they were at home, so I drew this smile". The girl drawing showed that a home family intervention leaves significant marks and the application of innovative interventions in psychotherapeutic approaches is extremely important to succeed in fulfilling the demands of our patients today.

 

Palavras-chave / Keywords

Intervenção familiar, Intervenção domiciliar, Relato de experiência, Psicoterapia infantil, Estágio em psicologia.

Family intervention, Intervention household, Experience report, Infant psychotherapy, Internship in psychology.


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt