Programa família participante: intervenção para a garantia dos direitos da criança e do adolescente no processo de hospitalização = Family Participant program: intervention to guarantee child and adolescent rights in the hospitalization process

Luiza Tatiana Forte, Patricia Maria Forte Rauli, Patricia Maria Forte Rauli

Resumo


No Brasil, até a década de 90, crianças e adolescentes hospitalizados permaneciam no hospital sem o acompanhamento de seus familiares. Esta situação, além de agravar o processo de adoecimento físico, acarretava o adoecimento emocional. Frente a esta realidade, na década de 80 os psicólogos do Hospital Pequeno Príncipe organizaram o Programa Família Participante. Tal ação teve como objetivo garantir o acompanhamento de um familiar à criança hospitalizada durante o período de hospitalização. O presente trabalho objetiva analisar o processo de fortalecimento emocional e de promoção de saúde para crianças e familiares decorrentes desta ação humanizadora. A metodologia utilizada foi a pesquisa-ação com coleta de dados realizada com profissionais da saúde e familiares, utilizando entrevistas semidirigidas e grupos focais. A amostra foi aleatória com n= 80. Os resultados revelam que o processo proporcionou a reconstrução das relações, a sensação de pertença e valorização de familiares e equipes e impactou positivamente crianças e adolescentes, resultado revelado pela extinção dos quadros de hospitalismo e depressão anaclítica e pela diminuição da média de permanência de 17 para 4,7 dias de hospitalização.

 

In Brazil, until the 90s, hospitalized children and adolescents remained in the hospital unaccompanied by their families. This situation, besides aggravating the process of physical illness, emotional illness entailed. Facing this reality, in the 80 psychologists Pequeno Príncipe Hospital organized the Family Participant program. This action aimed to ensure follow-up of a family of hospitalized children during hospitalization. This paper aims to analyze the process of strengthening emotional and health promotion for children and families under this humanizing action. The methodology was action research with data collection conducted with health professionals and family members, using semi-structured interviews and focus groups. A random sample of n = 80 . The results show that the process afforded the rebuilding of relationships, a sense of belonging and appreciation of family and teams and positively impacted children and adolescents, results revealed by the extinction of frames hospitalism and anaclitic depression and decrease in mean hospital stay of 17 to 4.7 days of hospitalization.

 

Palavras-chave / Keywords

Família, Hospitalização, Criança e adolescente, Saúde, Direitos.

Family, Hospitalization, Children and adolescent, Health, Rights.


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt