A formação do apego no pai e a expectativa sobre o sexo do bebê em uma família nuclear = Fathers´s attachment formation and the infant's sex expectation in a nuclear family

Jessica de Medeiros Possatto, Laila Lorena de Medeiros Silva, Cristiane Alfaya

Resumo


Os autores da psicologia do desenvolvimento concordam que o apego é essencial na formação do vinculo familiar nos primeiros anos de vida em todos os membros da família, especialmente na mãe considerando as expectativas sobre as características físicas e psicológicas da criança. Para Brazelton e Cramer (1992), o pai pode exercer uma função fundamental no contexto familiar, considerando o processo de identificação. Para os autores, no pai o processo de identificação pode ser observado pela expressão do profundo sentimento de ser capaz de influenciar a identificação masculina de seus filhos do sexo masculino. O objetivo deste estudo foi examinar a expressão do processo de identificação masculina do pai através do desejo de ter um filho homem numa família com quatro filhas mulheres. Participou do estudo uma família nuclear com 5 filhos, sendo 4 filhas com idades de 27, 18, 15, 11 anos de idade, e o filho homem bebê com 9 meses de vida. A entrevista sobre a experiência da paternidade e da maternidade, envolvendo questões desde a gravidez até o nascimento da criança, foi realizada com os pais quando filho homem bebê contava com 9 meses de vida. A análise da entrevista revelou a presença de expectativas sobre as características físicas, principalmente sobre o sexo do bebê, as quais foram verbalizadas tanto pelo pai como pela mãe. No pai tal expectativa foi verificada quando ele verbalizou "eu sempre quis ter um filho homem". Na mãe, verificou-se quando ela disse "eu também gostaria de ter um filho homem como o meu marido". O estudo confirma a literatura sobre a existência de expectativas e desejos por parte do pai e da mãe em relação às características de seus filhos. Também, a identificação por parte do pai entrevistado foi observada pela expressão do desejo e sentimento de ter e ser capaz de influenciar a identificação masculina de seu filho do sexo masculino, fortalecendo a formação do apego entre pai e filho.

 

The authors of developmental psychology agree that attachment is essential to the family´s bond formation in the first years of life, especially to the mothers, considering the expectations on the physical and psychological characteristics of the infant. For Brazelton and Cramer (1992), the fathers have an important function in the family context, considering the identification process. For the authors, the parent process identification can be seen by expressing deep feelings of being able to influence the masculine identification of their male child. The aim of the study was to examine the expression of masculine identification in one father who desires a son in a family with four daughters. This study had the participation of a nuclear family with 5 children, 4 daughters aged 27, 18, 15, 11 years old, and an infant son at nine months of life. The interview about the experience of paternity and maternity, involving issues from pregnancy to the child's birth was made with the parents at 9 months of son. The content analysis revealed the presence of parent´s expectations about the physical characteristics, specially about infant´s male sex. The father’s expectation was verified when he verbalized "I always wanted a son".  At the mother it could verified when she said "I would also like to have a son as my husband”. The study confirms the expectations and desires of parents in relation to the characteristics of their children. Also, the identification by the respondent father was observed by the expression of desire and feeling to have and be able to influence the masculine identification of their male child, strengthening the formation of attachment between father and son.

 

Palavras-chave / Keywords

Família, Apego, Expectativas parentais, Identificação, Paternidade.

Family, Attachment, Parental Expectations, Identification, Paternity.


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2017
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 617 | Fax +351 213 622 955 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt