Depressão materna no sexto mês de vida do bebê: resultados iniciais = Maternal depression on sixth Month infant’s age: initial results

Cristiane Alfaya

Resumo


A transição para a maternidade, principalmente quando se trata do primeiro filho, esta associada a importantes mudanças físicas e psíquicas. Autores como Winnicott têm sugerido que com a maternidade a mulher entra numa condição psíquica especial que a coloca num estado de grande disponibilidade emocional para o bebê. Assim sendo, o presente estudo investigou indicadores de depressão em mães com e sem depressão aos seis meses de vida do bebê. Participaram do estudo 17 mães com idade entre 16 e 38 anos, de diferentes níveis socioeconômicos do Programa de Saúde da Família na cidade de Santo Antônio de Jesus (Bahia - Brasil). O Inventário Beck de Depressão (BDI) e uma Entrevista Diagnóstica detectaram 08 mães com nível de depressão (grupo I), e 09 mães sem nível de depressão (grupo II). A Entrevista Diagnóstica foi utilizada para investigar a presença de indicadores de depressão em ambos os grupos. As respostas das mães na Entrevista Diagnóstica foram examinadas através da análise de conteúdo e com base no eixo temático sobre indicadores de depressão. As mães de ambos os grupos apresentaram indicadores de depressão como cansaço; alteração do sono; e preocupação com o corpo. Os resultados foram discutidos com base na teoria de Winnicott sobre a maternidade e a depressão.

 

The transition to motherhood has been a focus of study, considering the changes in a mother´s life. The Winnicott´s concept of maternity (1956/2000) is defined as a special condition of increased sensitivity, which occurs from pregnancy to the first months of life, in which the mother is able to identify with the infant providing a good enough environment in which it can develop. Therefore, this study sought to investigate some possible indicators of maternal depression at sixth months of infant´s age. In this study, 17 mothers participated in this study, aged from 16 to 38 years old of different socioeconomic backgrounds. All the families participated from the Social Family Health Program in Santo Antônio de Jesus at Bahia on Brazil. The Beck Depression Inventory (BDI) and a Diagnostic Interview detected 08 depressed mothers (group I), and 09 not depressed mothers (group II). The Diagnostic Interview was used to investigate the maternal depression indicators in both of groups. The mothers were examined, through content analysis, based on categories of maternal depression indicators. Both groups of mothers presented maternal depression indicators like tired; sleep desregulation; and body worries. The results were discussed from the concept of Primary Maternal Preoccupation and depression described by Winnicott.

 

Palavras-chave/Keywords

Depressão, Maternidade, Cansaço, Alteração do sono, Preocupação com o corpo.

Depression, Motherhood, Tired, Sleep desregulation, Body worries.

 

 


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt