Intervenção em casa de abrigo com crianças expostas à violência doméstica = Intervention in the shelter with children exposed to domestic violence

Ana Sani, Ana Lúcia Correia

Resumo


Na diversa literatura existente, verifica-se que é frequente o número de crianças que testemunham a violência entre os progenitores, bem como as consequências que dela advêm, de tal forma, que é necessário estar-se atento aos efeitos da exposição à violência interparental nestas crianças. O estudo qualitativo que desenvolvemos teve como objetivo, conhecer junto de técnicos que realizem funções em Casas de Abrigo existentes em território nacional, quais as práticas interventivas junto das crianças filhas das mulheres vítimas de violência doméstica. Trata-se de uma amostra intencional que pretendeu abarcar técnicos de ambos os sexos, idades, formação académica e experiência de trabalho, aos quais foi realizada uma entrevista estruturada preenchida em formulário próprio disponibilizada eletronicamente. Apurou-se, que há uma clara consciencialização por parte dos técnicos relativamente às necessidades evidenciadas pelas crianças residentes nestes acolhimentos, sendo notória ainda, a escassa intervenção realizada com os filhos que acompanham as suas mães para as Casas de Abrigo. A intervenção está direcionada para as progenitoras, para serem trabalhadas competências parentais, vinculação, práticas educativas, regras e rotinas, para que depois sejam aplicadas com os seus filhos. A intervenção direta com as crianças é secundarizada devido à falta de técnicos. Esta investigação contribui para aprofundar o conhecimento relativamente às práticas interventivas usadas junto de crianças expostas à violência interparental em casas de abrigo e definir a sua importância e necessidade.

 

 

According to the existent literature, and data available witnessing violence between parents is very frequent as well as their consequences. Thus, it’s necessary to be aware of the effects from the exposure of these children to interparental violence. The qualifying study that we developed aimed the knowlegment of which interventional practices used with domestic violence women’s children’s, by shelter houses technicians existent in Portugal. An intentional sample was selected, intended to cover technicians of both gender, age, educational background and work experience, and a structured interview was conducted, filled in a proper form, which was provided electronically. It was proved, that there is a clear consciousness, by the way of the technical in relation to the needs identified for children living at women shelters, still being notorious, the shortage intervention performed with the children that follow their mothers for the shelters. The intervention is directed for the mothers, to be worked parenting skills, attachment, educational practices, rules and routines and then be applied to their children. The direct intervention with the children has been passed to the background, because there is lack of technicians on their shelters. This research contributes to further knowledge concerning interventional practices used near children exposed to interparental violence in shelters and defines its importance and need.

 

Palavras-chave / Keywords

Criança, Violência, Intervenção, Casa de abrigo.

Children, Violence, Intervention, Shelter.


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt