Programa "Endireita" – Contributo da intervenção psicomotora para a promoção de competências socioemocionais de adolescentes e jovens adultos com comportamentos delinquentes e em cumprimento de medidas judiciais de execução na comunidade = Program [...]

Alice de Sousa, Margarida Santos, Mariana Gomes da Silva, Celeste Simões

Resumo


O tema da delinquência tem sido alvo de investigação ao longo do tempo, representando um problema individual e social, que frequentemente se encontra associado a défices socioemocionais. O presente estudo centra-se na avaliação do impacto do Programa “Endireita”, destinado à promoção de competências socioemocionais e à redução do risco de reincidência criminal de indivíduos em cumprimento de medidas judiciais de execução na comunidade. Esse programa recorre a metodologias de intervenção psicomotora, que incluem atividades lúdicas, expressivas e de relaxação e consciencialização corporal. O programa é composto por 22 sessões semanais de 90 minutos, implementadas ao longo de seis meses, que abordam os seguintes domínios socioemocionais: Comunicação Interpessoal, Autorregulação e Resolução de Problemas. Desde 2015, o programa tem sido aplicado anualmente e, nas edições de 2017, 2018 e 2019, participaram no total 30 participantes, entre os 13 e os 29 anos, maioritariamente, do género masculino e de nacionalidade portuguesa. A avaliação dos participantes decorreu nas fases pré e pós implementação do programa, aplicando-se um protocolo de avaliação quantitativa que inclui diversos domínios no âmbito das competências socioemocionais, saúde mental, pensamento criminal e satisfação com a vida. Foi ainda realizada a avaliação qualitativa através de entrevistas finais. Os resultados obtidos indicam melhorias individuais que vão ao encontro dos objetivos de intervenção, sugerindo a eficácia do programa e o seu contributo para a prevenção criminal.


The theme of the delinquency has been a research focus over time, representing an individual and social problem, which is often associated with social and emotional deficits. The present study focuses on the impact assessment of the "Endireita" program that aims the promotion of social and emotional competences and reduction of the risk of criminal recurrence of individuals in compliance with law enforcement measures in the Community. This program is based on psychomotor intervention methodologies, which include playful, expressive and relaxation and body awareness activities. The program consists of 22 weekly 90-minute sessions, implemented over six months, which address the following socio-emotional domains: interpersonal communication, self-regulation and problem solving. Since 2015, the program has been applied annually and, in the editions of 2017, 2018 and 2019, a total of 30 participants participated, between 13 and 29 years of age, being the majority male and portuguese nationality. The evaluation of the participants took place in the pre and post-implementation phases of the program, applying a quantitative evaluation protocol that includes various domains in the scope of social and emotional competences, mental health, criminal thinking and life satisfaction. Qualitative evaluation was held through final interviews. The results obtained indicate individual improvements that meet the intervention goals, suggesting the effectiveness of the program and its contribution to criminal prevention.


Palavras-chave / Keywords:

Delinquência, Comunicação interpessoal, Autorregulação, Resolução de problemas, Prevenção criminal.

Delinquency, Interpersonal communication, Self-regulation, Problem solving, Criminal prevention.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt