O impacto emocional do confinamento nas crianças do 1º ciclo = The emotional impacto f lockdown in children attending primary

Mariana Martins, Rita Palma, Beatriz Portugal, Luísa Ventura, Lara Santos

Resumo


Devido à disseminação do vírus SARS-CoV-2 o governo português anunciou o encerramento das escolas a 22 de janeiro de 2021 por um período de 15 dias, que veio a ser prolongado até ao dia 15 de março, em que as aulas decorreram em regime online. A saúde mental das crianças tem sido alvo de preocupações, considerando que houve uma mudança abrupta nas suas rotinas e as consequências que possam daí advir. Para que as necessidades psicológicas das crianças sejam corretamente atendidas, é necessário compreender as emoções e as reações das mesmas. Neste sentido, o presente estudo tem como objetivo compreender o impacto emocional nas crianças de 1º Ciclo, em Portugal, face ao mais recente período de confinamento, a partir da perspetiva das próprias e também dos seus pais/encarregados de educação, i.e., a perceção que estes têm relativamente aos sentimentos dos seus educandos. Para recolha de dados foi realizado um questionário online com o objetivo de a avaliar o impacto emocional nomeadamente nas áreas de bem-estar físico, psicológico, autonomia e relação com os pais, bem como o ambiente escolar à distância, e que teve como base o instrumento de avaliação – KIDSCREEN Versão Portuguesa (Gaspar e Matos, 2008). Os resultados obtidos serão apresentados e discutidos com base na revisão da literatura realizada.


Due to the spread of the SARS-CoV-2 virus, the portuguese government announced the closure of schools on January 22, 2021 for a period of 15 days, which was extended until March 15, during which, classes took place online. Children's mental health has been a matter of concern, considering that there has been a huge change in their routines and considering the consequences that may result from there. In order to attend children's psychological needs, it is necessary to understand their emotions and reactions to emotions. In this regard, the present study aims to understand the emotional impact on primary students, in Portugal, concerning the most recent lockdown, from the perspective of the students and also of their parents / guardians, i.e., the perception that they have regarding the feelings of their children. For data collection, an online questionnaire was carried out in order to assess the emotional impact, namely in the areas of physical and psychological well-being, autonomy and relationship with parents, as well as the online learning environment, which was based on the evaluation tool - KIDSCREEN Portuguese Version (Gaspar e Matos, 2008). The results obtained will be presented and discussed based on the literature review that was carried out.


Palavras-chave / Keywords:

Impacto emocional, COVID-19, Confinamento, Crianças.

Emotional impact, COVID-19, Lockdown, Children.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt