Equipa móvel – Um novo olhar = Equipa Móvel – A New Look

Joana Almeida, João S. Costa, Nuno R. Pinto, Ricardo M. Rodrigues, Rita G. Rodrigues

Resumo


A Equipa Móvel (EM) do Centro de Capacitação D. Carlos I (CCDCI) inscreve-se no âmbito da Unidade de Apoio à Autonomização da Direcção de Infância e Juventude e Família (DIIJF), da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), e no crescente movimento de requalificação e especialização das respostas nas áreas da deficiência e saúde mental. Em Portugal, segundo o relatório CASA (2019), viviam em situação de acolhimento institucional, 7046 crianças e jovens, mais 0,2% face aos números de 2018 (7032 crianças e jovens). Quando observamos de forma mais específica e aprofundada a população de crianças e jovens acolhidos, percebemos que 60% (4194 casos) tem características particulares, geralmente relacionadas como problemas emocionais, problemas do comportamento, deficiência intelectual e/ou física, entre outros. Deste universo de crianças e jovens acolhidos, 20% (1347 casos) tem incapacidade intelectual ou psicopatologia clinicamente diagnosticada, e se a estes, somarmos cerca de 9,3% de crianças e jovens com doença física clinicamente diagnosticada, concluímos que 29% do total de crianças e jovens acolhidos encontram-se comprometidos do ponto de vista cognitivo / emocional / físico, que afecta gravemente a sua funcionalidade, e o seu desenvolvimento normativo. Considerando o presente enquadramento, a metodologia da Equipa Móvel inscreve-se em três dimensões fundamentais: Intervenção Directa com crianças e jovens e suas famílias; Suporte Especializado e Formação às equipas das Casas de Acolhimento e outras unidades da DIIJF na área da deficiência e saúde mental. Todas estas intervenções assentam num método colaborativo e multidisciplinar que valoriza o trabalho em rede entre os diferentes intervenientes e a comunidade, com a finalidade de pensar os projectos de vida das crianças e jovens nas áreas: educação, formação profissional, empregabilidade, saúde, família, lazer e cidadania.


The “Equipa Móvel” (EM) of the Centro de Capacitação D. Carlos I (CCDCI), is a part of the Autonomy Department of Direção de Infância, Juventude e Família (DIIJF), Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML). It is also a part of the movement that aims to the requalification and specialization of all responses in the fields of disability and mental health. In Portugal, according to the CASA report (2019), 7046 children and young people who lived in institutional care, 0.2% more than in 2018 (7032 children and young people). When we give a closer and deeper look at the population of children and young people in residential care, we realize that 60% (4194 cases) have particular characteristics, usually related to emotional problems, behaviour problems, intellectual and / or physical disabilities, among others. Of this universe of children and young people in residential care, 20% (1347 cases) have intellectual disabilities or clinically diagnosed psychopathology, and if we add about 9.3% of children and young people with clinically diagnosed physical disease, we conclude that 29% of the children and young people in residential care are compromised from a cognitive / emotional / physical point of view, which seriously affects their level of functionality and their normative development. Considering the current framework, the approach of the “Equipa Móvel” fits into three fundamental dimensions: Direct Intervention with children, young people and their families; Specialized Support and Training for the staff of the Residential Cares Homes and other DIIJF units in the area of disability and mental health. All these interventions are supposed to be established in a collaborative and multidisciplinary approach that values networking between different stakeholders and the community, with the aim of managing life projects of children and young people in the areas: education, professional training, employability, health, family, leisure and citizenship.


Palavras-Chave / Keywords:

Deficiência, Saúde mental, Infância e juventude, Multidisciplinariedade.

Disability, Mental health, Children and young people, Multidisciplinary.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt