O uso de jogos com finalidade séria: propriedades percebidas por pais de crianças com paralisia cerebral = The use of games with serious purpose: Perceived properties by parents of children with cerebral palsy

Gil Dias, José Machado, Filomena Soares, Armanda Pereira, André Oliveira, Sílvia Lopes, Pedro Rosário

Resumo


A Paralisia Cerebral (PC) reporta-se a um conjunto de desordens neurodesenvolvimentais associadas a limitações motoras e funcionais nos indivíduos e frequentemente acompanhado por outros tipos de comprometimento (e.g., cognitivo). A falta de recursos adaptados à PC, dificulta a sua motivação para a reabilitação. Objetivo: Explorar que propriedades dos jogos usados com finalidade séria (GUS, do inglês, games used seriously) são percebidas como úteis no treino de competências motoras, cognitivas e sociais na PC. Metodologia: Doze pais/cuidadores de crianças com PC participaram numa entrevista semiestruturada. A análise foi realizada numa abordagem temática, auxiliada pelo NVivo12 Pro. Resultados: A utilização dos GUS foi identificada como pertinente para todas as competências chave (e.g., cognitivas), em diferentes ambientes (e.g., casa) e em todas as tipologias (e.g., software), e considerando as suas características (e.g., personalização). Da análise interligada de temas emergiram: i) as competências cognitivas e motoras, ii) a instrumentalização orientada ao objetivo, iii) aumento da acessibilidade e promoção de interação entre jogadores. Conclusões: Os GUS parecem ter um papel instrumental, quando adaptados e enquadrados no objetivo da intervenção. O desenho de GUS, para apoio à reabilitação, poderá beneficiar das propriedades identificadas.


Cerebral Palsy (CP) refers to a set of neurodevelopment disorders associated with motor and functional limitations in individuals, and often accompanied by other impairments (e.g., cognitive). The lack of adapted resources to CP hinders their motivation for rehabilitation. Objective: To explore what properties of games used seriously (GUS) are perceived as useful in training motor, cognitive, and social skills in CP. Methods: Twelve parents/caregivers of children with CP participated in a semi-structured interview. The analysis was carried out in a thematic approach and aided by NVivo12 Pro. Results: The use of GUS was identified as relevant to all key skills (e.g., cognitive), in different environments (e.g., home), and across typologies (e.g., software), and considering its characteristics (e.g., personalisation). From the interconnected theme’s analysis emerged: i) cognitive and motor skills, ii) goal-oriented instrumentation, iii) increased accessibility and promotion interaction between players. Conclusions: The GUS seem to have instrumental role when properly adapted and framed within the intervention’s objective. The GUS design, for supporting rehabilitation, may benefit from the properties identified.


Palavras-chave / Keywords:

Paralisia cerebral, Jogos usados com finalidade séria, Reabilitação, Inclusão, Análise temática.

Cerebral palsy, Games used seriously, Rehabilitation, Inclusion, Thematic analysis.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt