Gerir comportamentos agressivos em escolas: proposta de investigação sobre os efeitos diferenciais de intervir com alunos e com professores = Managing aggressive behaviors in schools: A proposal for investigating differential effects of intervening [...]

Paula Vagos, Daniel Rijo, Ana Xavier, Nélio Brazão

Resumo


O comportamento agressivo contribui para o desajustamento psicossocial do adolescente e para climas escolares hostis. A intervenção para a prevenção e/ou diminuição deste comportamento deverá ser fundamenta em modelos teóricos sólidos e adotar uma perspetiva holística, que inclua o agressor, a vítima e o observador, nomeadamente o professor. Propomo-nos desenvolver, implementar e avaliar uma abordagem holística à intervenção no comportamento agressivo em escolas, a qual incluirá dois programas de intervenção, um para alunos e outro para professores, que serão aplicados de forma individual e combinada. Espera-se que a intervenção combinada traga efeitos mais evidentes por comparação com as outras condições de intervenção e com um grupo de controlo em lista de espera. Este efeito refletir-se-á na diminuição da prática de comportamento agressivo por parte de alunos e na adoção de formas de relação professor aluno mais assertivas e de maior qualidade, verificada do pré ao pós-intervenção e até um follow-up de três meses. Estes dados poderão contribuir para a disponibilização de formas de intervenção apropriadas a diferentes necessidades e disponibilidade de contextos escolares variados, com o fim último de promover climas escolares e de ensino-aprendizagem seguros e saudáveis.


Aggressive behavior contributes to the adolescent's psychosocial maladjustment and to hostile school climates. The intervention for the prevention and/ or reduction of this behavior must be based on solid theoretical models and adopt a holistic perspective, which includes the aggressor, the victim, and the observer, namely the teacher. We propose to develop, implement, and evaluate a holistic approach to intervention in aggressive behavior in schools that will include two intervention programs, one for students and another for teachers, which will be applied individually and in combination. The combined intervention is expected to have more evident effects compared to the other conditions of intervention and to a waiting list control group. This effect will be reflected in the decrease of practice of aggressive behavior on the part of students and in the adoption more assertive and higher quality teacher-student relationships, verified from pre to post-intervention and up to a three-month follow-up. These data may contribute to the accessibility of forms of intervention appropriate to different needs and availability of varied school contexts, with the ultimate aim of promoting secure and healthy teaching-learning climates.


Palavras-chave / Keyword:

Comportamento agressivo, Escola, Professores, Alunos, Intervenção.

Aggressive behavior, School, Teachers, Students, Intervention.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt