Qualidade de vida dos estudantes do ensino superior politécnico de Santarém e Leiria durante o confinamento da COVID-19 = Quality of life of students in polytechnic higher education in Santarém and Leiria during the confinement of COVID-19

Maria do Carmo Figueiredo, José Amendoeira, Marta Rosa, Rui Matos, Mário Silva, Teresa Coelho, Luís Gonzaga, Carla Chicau

Resumo


A pandemia de coronavírus 2019-2020 afetou os sistemas educacionais em todo o mundo, levando ao encerramento das instituições educacionais. Este estudo teve como objetivo avaliar a Qualidade de Vida dos estudantes do ensino superior dos Institutos Politécnicos de Santarém e Leiria durante o confinamento face à pandemia COVID-19. Métodos: Um total de 775 participantes selecionados por amostragem de conveniência participaram no estudo. Estudo de caráter quantitativo, descritivo-correlacional. Aplicou-se o instrumento WHOQOL-bref adaptado da WHO. O tratamento e análise dos dados foi realizado com recurso à estatística descritiva, correlacional e inferencial. Resultados: A autoavaliação dos estudantes relativamente à Qualidade de Vida é globalmente superior à autoavaliação com a sua satisfação com a saúde, sendo os estudantes do género feminino que apresentam valores médios inferiores aos estudantes do género masculino. Os domínios do WHOQOL-bref referentes à Qualidade de Vida com valores superiores foram o domínio físico e meio ambiente, sendo os domínios das relações sociais e psicológico, os que apresentam valores menores. Conclusões: Os resultados apontam para a necessidade de intervenção na promoção da Qualidade de Vida dos estudantes, com foco em fatores psicossociais, decorrente das condicionantes impostas no período de confinamento, pela pandemia COVID-19.


The 2019-2020 coronavirus pandemic has affected educational systems worldwide, leading to the closure of educational institutions. This study aimed to assess the Quality of Life of higher education students at the Polytechnic Institutes of Santarém and Leiria during confinement in the face of the COVID-19 pandemic. A total of 775 participants selected by convenience sampling, participated in the study. Study with a quantitative, descriptive, correlational character, The WHOQOL-bref instrument adapted from WHO was applied. The data treatment and analysis were performed using descriptive, correlational and inferential statistics. Students' self-assessment about Quality of Life is globally superior to the self-assessment with their satisfaction with health, where the female students have lower average values than the male students. The WHOQOL-bref domains referring to Quality of Life with higher values were the Physical and Environment domain, with the Social Relations and Psychological domains having the lowest values. The results point to the need for intervention to promote the Quality of Life of students, focusing on psychosocial factors, due to the conditions imposed during the confinement period, by the pandemic COVID-19.


Palavras-chave / Keywords:

Estudantes do ensino superior, Pandemia COVID-19, Qualidade de vida, WHOQOL-bref.

Higher education students, COVID-19 pandemic, Quality of life, WHOQOL-bref.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt