Impacto da violência interparental e da vitimização na idade adulta na saúde mental = The impact of interparental violence and victimization in adulthood in mental health

Filipa R. Mateus, Margarida D. Pedro, Matilde T. Santos, Telma C. Almeida

Resumo


A violência interparental tem impacto negativo nos jovens, ao nível da baixa autoestima, das dificuldades de socialização e das perturbações psicopatológicas. Concomitantemente, este tipo de vitimação está relacionado com a violência entre parceiros íntimos (VPI) na idade adulta. Diversos estudos revelam que a vitimação nas relações de intimidade também tem um impacto significativo na saúde mental das vítimas, como é o caso da depressão e da perturbação de stress pós-traumático. Este estudo teve como objetivo avaliar a relação entre a vitimação e a sintomatologia apresentada pelos participantes. Neste estudo participaram 99 indivíduos com idades entre os 18 e os 73 anos (M = 30.98, DP = 16.41). Os participantes responderam online a um questionário sociodemográfico, a um questionário de VPI e ao BSI. Os resultados identificaram que as vítimas de violência interparental apresentaram valores mais elevados de ansiedade, somatização, ansiedade fóbica e hostilidade. A VPI apresentou correlação positiva com a somatização, com as obsessões e compulsões. Os resultados apontam para valores mais elevados de sintomatologia em indivíduos vítimas de violência interparental e vítimas nas relações de intimidade. Tendo em conta os resultados obtidos, considera-se importante implementar acompanhamento psicológico em vítimas, de forma a colmatar o impacto ao nível sintomatológico.


Interparental violence harms young people, such as low self-esteem, socialization difficulties, and psychopathological disorders. This type of violence is also associated with intimate partner violence (IPV) in adulthood. Several studies show that this type of violence has also a significant impact on the victim’s mental health such as depression and post-traumatic stress disorder. Our research aims to evaluate the relationship between victimization and symptomatology in adults. The sample was composed of 99 participants, with ages between 18 and 73 years old (M = 30.98, SD = 16.41). The data was collected through an online protocol with the sociodemographic questionnaire, a IPV questionnaire and the BSI. The results identified that the victims of interparental violence show higher scores of anxiety, somatization, phobic anxiety, and hostility. As for IPV, the results show a positive correlation with somatization, obsessions, and compulsions. The results show higher scores of symptomatology in victims of interparental violence and in victims of IPV. We considered it important to implement psychological counseling in victims, to decrease the impact on symptomatology.


Palavras-chave / Keywords:

Vitimação, Adultos, Sintomatologia.

Victimization, Adults, Symptomatology.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica / Universidades Lusíada, 2004-2019
Serviços de Informação, Documentação e Internet
Rua da Junqueira, 188-198 | 1349-001 Lisboa | Tel. +351 213 611 561 | Fax +351 213 638 307 | E-mail: mediateca@lis.ulusiada.pt